compartilhe>

No dia primeiro de julho, o Agente de Segurança Penitenciária Marcos Roberto Remedi, enfrenta 42 Km na serra do Paraná

 

Caveira, o Agente de Segurança Penitenciária e maratonista Marcos Roberto Remedi, enfrenta no próximo domingo, 01/07, a Maratona Serra da Graciosa 2018 que será realizada em etapa única de subida, com saída na cidade de Morrete e chegada em Quatro Barras, no Paraná.

Integrante do Grupo de Intervenção Rápida (GIR) e do Centro de Detenção Provisória de Campinas, o maratonista, percorrerá 42 km numa prova desafiadora e vai com a gana de obter boa classificação.

Ainda com curta carreira profissional no atletismo, porém conquistador de algumas medalhas, incluindo a da Ultramaratona de Bertioga, Caveira, como gosta de ser chamado, afirma estar treinando não apenas para esta, mas para outras ultramaratonas, incluindo uma fora do Brasil, entretanto ainda  depende de patrocínio para tal feito. Seu foco está neste final de semana, dia primeiro:

“A Serra da Graciosa é uma corrida famosa e não é para qualquer atleta. É necessário preparo. Já treinei nela, é uma serra dificil muita íngreme, uma subida que exige muito do atleta. É um percurso extremamente difícil”, ele pondera.

O ASP, embora tenha corrido 42 km na Maratona Internacional de São Paulo, recentemente, reconhece a grandeza dos competidores, que em sua maioria vivem somente do atletismo.

“Eu tenho apenas sete meses de treino, ainda que com bons resultados, considero muito pouco. Trabalho, sou agente e treino. Vou competir com essas feras, não sei como será. Darei meu máximo”, afirma Remedi.

 

Agente maratonista

O ASP Marcos Roberto Remedi iniciou sua história no esporte, mais precisamente no atletismo, com corridas curtas. Um passatempo que com o tempo começou a apreciar. Passou um ano correndo, treinando sozinho e há cerca de sete meses com o renomado treinador Marcelo Rocha.

O agente e maratonista Caveira tem agora como objetivo de vida, não apenas vitórias em corridas e maratonas, mas mostrar aos companheiros de trabalho que uma vida físico e mental saudável, ainda dentro da difícil profissão de agente é possível. Ele aponta o esporte como caminho.




 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar