compartilhe>

Resolução foi publicada no Diário oficial desta terça-feira(22)

 

por Giovanni Giocondo

A Secretaria de Administração Penitenciária(SAP) prorrogou, até 9 de outubro, o prazo para afastamento dos servidores que fazem parte do grupo de risco para o coronavírus. A resolução foi publicada no Diário Oficial do Estado desta terça-feira(22).

Com  isso, trabalhadores penitenciários que possuem comorbidades, entre elas diabetes, cardiopatias e outras doenças crônicas, permanecem sem precisar comparecer à unidade onde estão lotados, com  a opção de trabalho remoto. A medida também contempla os servidores a partir de 60 anos e as servidoras grávidas.

O novo afastamento segue as regras determinadas pela extensão, até a mesma data,  do decreto que definiu o estado de calamidade pública em  todo o Estado e a quarentena imposta pelo governo de São Paulo em virtude da pandemia de COVID-19.

Até esta terça-feira, 31 servidores já morreram vítima de coronavírus no sistema prisional paulista, com outros 469 casos confirmados da doença, de acordo  com levantamento feito pelo SIFUSPESP.

Confira abaixo a resolução completa: