compartilhe>

Os exemplos do quanto as mulheres são aguerridas estão em todos os lugares, dentro e fora do sistema prisional

 

Às nossas guerreiras do sistema prisional paulista, nosso agradecimento e reconhecimento, e não só neste 8 de março, Dia Internacional da Mulher, mas em todos os dias, no cotidiano árduo que enfrentam com tanta coragem. 

É por isso que vamos às ruas hoje com o lema “Trabalhadoras do Sistema Prisional de SP: somos resultados de força e luta, não de uma fraquejada! Juntas pela democracia”. Queremos ressaltar a força, a relevância, a necessidade de respeito e valorização das mulheres, seja na vida ou no mundo do trabalho. 

Todas são cidadãs acima de tudo, nenhuma mulher veio de uma fraquejada. São construtoras da sociedade tanto ou até mais que nós homens. Muitas vezes não são reconhecidas, infelizmente, ou, como se não bastasse, são desvalorizadas, e não é possível aceitarmos isso.

Os exemplos do quanto as mulheres são aguerridas estão em todos os lugares, dentro e fora do sistema prisional. Elas se dedicam uma das profissões mais perigosas que existem no mundo, além do enfrentamento à dupla jornada, preconceitos, discriminação, os males do machismo que vão desde a não divisão de tarefas do lar até violência doméstica e o feminicídio. 

A realidade é que nossa sociedade será muito melhor, com mais igualdade, mais humana, com o devido e merecido reconhecimento das mulheres, e aqui fica o convite aos guerreiros para reflexão. 

Transformar a realidade passa ainda por dar voz às mulheres. Por isso convidamos todas a participar  do 1º Fórum das Mulheres Policiais Penais do Brasil no Estado de São Paulo, neste 12 de março, das 14h às 18h, na Assembleia Legislativa, um evento gratuito, com patrocínio do SIFUSPESP e da FENASPPEN. Inscrevam-se previamente para participar e receber certificado clicando aqui

Nosso parabéns e agradecimentos as essas mulheres tão aguerridas, a todas as guerreiras do sistema prisional. Contem sempre com o SIFUSPESP. 

Fábio César Ferreira
Presidente - SIFUSPESP