compartilhe>

Por Flaviana Serafim

A direção do SIFUSPESP enviou ofício ao Grupo Abril nesta segunda-feira (26), se somando à luta do movimento sindical pela continuidade da liberação integral de Paulo Zocchi, presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP). 

Numa clara prática antissindical, a editora Abril convocou Zocchi para retornar ao trabalho na empresa neste 30 de outubro, o que encerraria cinco anos de liberação sindical sem prejuízo de vencimentos, o que é garantido para que o sindicalista possa cumprir seu papel legítimo em defesa da categoria. 

A prática antissindical da Abril contra Zocchi é ainda uma represália à atuação do sindicato contra a demissão de centenas de trabalhadores e trabalhadoras da editora, demitidos em massa em 2018 sem sequer receberem as verbas rescisórias após anos de dedicação à, o que levou a uma batalha judicial contra a empresa com a vitória dos funcionários na Justiça. 

Além de prejudicar a atuação do jornalista como presidente do SJSP, o cumprimento de jornada também impede o pleno exercício de suas atividades como vice-presidente da Federação Nacional dos Jornalistas. 

Confira a íntegra do ofício enviado pelo SIFUSPESP à editora Abril.: