compartilhe>

Diante de um cenário de forte mobilização e pressão, secretário da SAP, Coronel Restivo,  deve atender manifestantes, junto ao sindicato da categoria, o SIFUSPESP. Os servidores penitenciários que estiveram presentes na Assembleia contra a Privatização desta terça-feira, 23/01, seguem em Ato Público pelo Sistema Penitenciário Paulista, rumo a SAP onde serão recebidos pelo secretário, às 17h.

 

Estiveram presentes na Assembleia, a deputada estadual Adriana Borgo(PROS), o deputado federal Coronel Tadeu (PDL), o deputado estadual Sargento Neri(AVANTE) e deputado federal Coronel Castro (suplente), trazendo a informação de abertura de diálogo por parte da secretaria.A reunião com o secretário da pasta acontece após campanha realizada pelo sindicato e servidores contra medidas a serem tomadas pelo governo do Estado em relação ao Sistema Penal.

 

Todos os deputados manifestaram apoio à categoria de servidores prisionais e contra a postura privatista do governador do Estado, João Dória(PSDB). Afirmaram, unanimemente, que a categoria não estará sozinha na luta pela valorização do servidor público, tratado como inutilidade pelo atual governador.

 

O presidente do sindicato Fábio Jabá, leu a pauta de reivindicações a ser levada ao secretário Restivo, sendo alguns pontos:

- Criação da lei orgânica

- Reposição salarial de 29,31% para repor perdas

- Valorização de 50%

- Fim do teto do ticket

- Bônus penitenciário(barrado pelo Dória)

- Aposentadoria especial para todos

- PEC da Polícia Penal

- Respeito a data-base

- Dotação orçamentária para projeto de saúde mental dos servidores

- Pagamento da insalubridade total para os servidores readaptados

- Fim dos processos administrativos contra companheiros que lutaram nas greves de 2014 e 2015

 

“Somos servidores públicos, fazemos o máximo em favor da sociedade. O governo está nos atacando por interesse econômico. Agora é união, o resto é conversa. Precisamos lutar por nós, por toda a categoria, cada função exercida faz parte da Polícia Penal, sejam oficiais, ária meio, ASPs ou AEVPs”, concluiu Jabá.